geraldinho 3 png

Muito se tem falado sobre os direitos dos trabalhadores e o papel dos Sindicatos diante da situação atual. Nosso país hoje tem uma legislação trabalhista que garante o mínimo de condições de trabalho, conhecida por todos como CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Esta lei sofreu importantes alterações com a Reforma Trabalhista (Lei 13.467 de 13/11/2017) que veio para retirar direitos dos nossos trabalhadores e, paralelamente, enfraquecer a estrutura sindical com o objetivo de impedir as ações sindicais e, com isso, retirar direitos sem nenhuma resistência.

A estratégia dos empresários é simples: Jogar os trabalhadores contra o Sindicato para diminuir a força das entidades ao diminuir suas receitas e, consequentemente, limitar a capacidade de desenvolver ações voltadas ao combate da exploração da mão de obra. O maior sonho das empresas é que não exista mais sindicato. Por que será? 

Todos sabem que os Trabalhadores da nossa categoria têm direitos específicos garantidos na Convenção Coletiva de Trabalho e nos Acordos Coletivos. São direitos que não estão previstos na CLT, mas que entendemos como importantes para o nosso trabalhador. Entre eles estão o convênio médico, a cesta básica, pisos maiores que o salário mínimo vigente, percentuais de indenização além do estabelecido na CLT (adicional noturno e horas extras de compensação), qüinqüênio, PLR, entre outras garantias que ao longo dos anos fomos acumulando. Tudo isso conseguido com o envolvimento do Sindicato e o apoio do trabalhador.  E que agora, de uma hora para outra, nossos legisladores, patrocinados por empresários, querem simplesmente retirar.  

Cabe ressaltar que os associados do Sindicato têm ainda outros benefícios exclusivos, como atendimento médico e odontológico gratuito, uma ampla rede de lazer com colônia de férias em Bertioga e Mongaguá, academia de musculação, quadra poliesportiva e descontos em diversos estabelecimentos etc.  

Portanto associando-se, o trabalhador fortalece a luta do Sindicato contra a retirada de direitos e a busca por mais conquistas para a Categoria, além de ter acesso a benefícios que melhoram a sua vida e a de seus dependentes. É momento de demonstrar a nossa força. Nossos interesses são os mesmos, estamos do mesmo lado e juntos somos mais fortes.